igrejas para visitar em Dublin

Dublin é um lugar ótimo para aqueles que gostam de conhecer lugares históricos, bonitos e ao mesmo tempo modernos e cheios de vida. Viajar para a Irlanda é uma ótima pedida e na verdade o que faz ela ser tão especial é seu povo. São pessoas simpáticas e bem acolhedoras. A maioria é religiosa e todos valorizam uma boa festa. Inclusive, Dublin foi sede do IX Encontro Mundial das Famílias com o Papa Francisco. Então confira a seguir três igrejas importantes na cidade e cheias de memórias.

Rio Liffey, Dublin - Unsplash

Catedral de St. Patrick


Essa igreja com arquitetura gótica faz parte das atrações medievais em Dublin que vale muito a pena conhecer. A St. Patrick 's Cathedral foi erguida em homenagem ao padroeiro do país, São Patrício, que evangelizava os celtas usando trevos de três folhas para explicar a eles sobre a Santíssima Trindade.

Catedral de São Patrício - UpStudy

A igreja, na época em pedra, foi construída pelos normandos em 1191. Inicialmente pertencia à Igreja Católica mas durante a Reforma Protestante a edificação passou a ser da Igreja Anglicana. Por conta de um incêndio em 1370, a catedral sofreu alguns danos e uma das torres teve que ser novamente construída.

A catedral de São Patrício fica no meio de um jardim bonito e é incrível que o autor de “As Viagens de Gulliver”, Jonathan Swift, esteja enterrado na sua nave principal. É a maior igreja da Irlanda e recebe cerca de meio milhão de visitantes por ano. Seu programa de coral, fundado no século 15, é mundialmente famoso e muito encantador.


Catedral Christ Church

Outra catedral bacana de visitar é Christ Church Cathedral, ou no seu nome original, Catedral da Santíssima Trindade. Também tomada pela Igreja Anglicana, é a construção mais antiga de Dublin e uma das mais bonitas da cidade. Devido à cátedra (poltrona) do bispo irlandês estar ali, é considerada a mais importante do arcebispado.

Catedral Christ Church - Unsplash

Ao visitar a Catedral, você pode conferir exposições, apreciar a arquitetura e aproveitar para fazer uma prece. Além disso, sendo uma igreja irlandesa é claro que não poderiam faltar os belos corais com suas cantorias. Seus 19 sinos, ainda originais, também fazem parte da composição musical e o mais antigo deles é do ano de 1038, ou seja, tem mais de nove séculos de história.


Para quem gosta de séries, parte das cenas de The Tudors foi gravada ali dentro. Bem ao lado da catedral fica Dublinia, um museu interativo focado nos vikings e na era medieval. É uma bela exposição de como era a Dublin antiga e faz até as crianças se entreterem.



Igreja de St. Michan


A Igreja de se localiza na Church Street e faz parte das construções mais antigas da cidade. Foi fundada em 1095 e funcionou como uma igreja católica até a Reforma. Ela teve que ser reconstruída em 1685 e foi restaurada em 1998, sendo durante vários séculos a única igreja situada ao norte do rio Liffey.

Igreja de St. Michan

É uma pequena igreja simples com um interior bastante modesto. Porém, a maior atração está escondida nas suas antigas criptas. As salas subterrâneas então repletas de caixões com os restos mumificados de alguns antigos cidadãos de Dublin.

A Igreja de St. Michan não chama especialmente a atenção por seus elementos arquitetônicos nem por sua decoração, mas pela inquietante tranquilidade de suas catacumbas repletas de múmias, que faz com que valha a pena dar uma passada.

O que você achou de saber mais sobre algumas igrejas irlandesas e suas histórias? Gostaria de conhecê-las? A gente te ajuda! Entre em contato pelo whatsapp.